SciELO - Scientific Electronic Library Online

SciELO - Scientific Electronic Library Online

Article References

SANTOS FILHO, Serafim Barbosa; BARROS, Maria Elizabeth Barros de  and  GOMES, Rafael da Silveira. The National Humanization Policy as a policy produced within the healthcare labor process.Translated byPhilip Sidney Pacheco Badiz. Interface (Botucatu) [online]. 2008, vol.4Selected edition, pp. 0-0. ISSN 1414-3283.

    BARROS, M.E.B. et al. A experincia do programa de formao em sade e trabalho em um hospital pblico com servio de urgncia. In: SANTOS FILHO, S.B.; BARROS, M.E.B. (Orgs.). Trabalhador da sade: muito prazer! Protagonismo do trabalhador na gesto do trabalho em sade. Iju: Ed. Uniju, 2007. p.185-202. [ Links ]

    BARROS, M.E.B.; BENEVIDES DE BARROS, R. Da dor ao prazer no trabalho. In: SANTOS FILHO, S.B; BARROS, M.E.B. (Orgs.). Trabalhador da sade: muito prazer! Protagonismo do trabalhador na gesto do trabalho em sade. Iju: Ed. Uniju, 2007. p.61-71. [ Links ]

    BARROS, M.E.B.; MORI, M.E.; BASTOS, S.S. O desafio da poltica nacional de humanizao nos processos de trabalho: o instrumento Programa de Formao em Sade e Trabalho. Cad. Saude Colet., v.14, n.1, p.31-48, 2006. [ Links ]

    BARROS, M.E.B.; SANTOS FILHO, S. (Orgs.). Trabalhador da sade: muito prazer! Protagonismo dos trabalhadores na gesto do trabalho em sade. Iju: Ed. Uniju, 2007. [ Links ]

    BENEVIDES, R.; PASSOS, E. Humanizao na sade: um novo modismo? Interface Comunic., Sade, Educ., v.9, n.17, p.389-94, 2005. [ Links ]

    BRASIL. Ministrio da Sade. Secretaria de Ateno Sade. Ncleo Tcnico da Poltica Nacional de Humanizao. HumanizaSUS: documento base para gestores e trabalhadores do SUS. Braslia: Ministrio da Sade, 2006. [ Links ]

    ______. Secretaria-Executiva. Ncleo Tcnico da Poltica Nacional de Humanizao. HumanizaSUS: Poltica Nacional de Humanizao: a humanizao como eixo norteador das prticas de ateno e gesto em todas as instncias do SUS. Braslia: Ministrio da Sade, 2004. [ Links ]

    CAMPOS, G.W.S. Apresentao. In: SANTOS FILHO, S.B.; BARROS, M.E.B. (Orgs.). Trabalhador da sade: muito prazer! Protagonismo do trabalhador na gesto do trabalho em sade. Iju: Ed. Uniju, 2007. p.11-5. [ Links ]

    ______. Clnica e sade coletiva compartilhadas: teoria paidia e reformulao ampliada do trabalho em sade. In: CAMPOS, G.W.S. et al. (Orgs.). Tratado de sade coletiva. So Paulo: Hucitec, 2006. p.53-92. [ Links ]

    ______. Sade Paidia. So Paulo: Hucitec, 2003. [ Links ]

    ______. Um mtodo para anlise e co-gesto de coletivos. So Paulo: Hucitec, 2000. [ Links ]

    ______. O anti-Taylor: sobre a inveno de um mtodo para co-governar instituies de sade produzindo liberdade e compromisso. Cad. Saude Publica, v.14, n.4, p.863-70, 1998. [ Links ]

    ______. Subjetividade e administrao de pessoal: consideraes sobre modos de gerenciar o trabalho em equipes e sade. In: MEHRY E.E.; ONOCKO, R. (Orgs.). Agir em sade: um desafio para o pblico. So Paulo: Hucitec, 1997. p.229-66. [ Links ]

    CLOT, Y. A funo psicolgica do trabalho. Petrpolis: Vozes, 2006. [ Links ]

    FOUCAULT, M. Sobre a histria da sexualidade. In: ______. Microfsica do poder. Rio de Janeiro: Graal, 1999, p.244-76. [ Links ]

    GOMES, R.S. et al. A orquestrao do trabalho em sade: um debate sobre a fragmentao das equipes. In: PINHEIRO, R.; MATTOS, R.A. (Orgs.). Construo social da demanda: direito sade, trabalho em equipe, participao e espaos pblicos. Rio de Janeiro: IMS-UERJ, 2005. p.105-16. [ Links ]

    HECKERT, A.L.C.; NEVES, C.A.B. Modos de formar e modos de intervir: quando a formao se faz potncia de produo de coletivo. In: PINHEIRO, R.; MATTOS, R.A.; BARROS, M.E.B. (Orgs.). Trabalho em equipe sob o eixo da integralidade: valores, saberes e prticas. Rio de Janeiro: IMS/UERJ/Cepesc/Abrasco, 2007. p.145-60. [ Links ]

    PASSOS, E. Proposta de apresentao dos nveis de composio da PNH. Rio de Janeiro, 2006. (Mimeogr). [ Links ]

    SANTOS FILHO, S.B. Construindo um mtodo de acompanhamento avaliativo e avaliando processos de formao: em foco o curso de humanizao da ateno e gesto em sade do Mato Grosso. Relatrio de Consultoria apresentado para o Ministrio da Sade. Braslia, 2008. [ Links ]

    ______. Dando visibilidade voz dos trabalhadores: possveis pontos para uma pauta de valorizao? In: SANTOS FILHO, S.B.; BARROS, M.E.B. (Orgs.). Trabalhador da sade: muito prazer! Protagonismo dos trabalhadores na gesto do trabalho em sade. Iju: Ed. Uniju, 2007a. p.61-71. [ Links ]

    _____. Perspectivas da avaliao na Poltica Nacional de Humanizao: aspectos conceituais e metodolgicos. Cienc. Saude Colet., v.12, n.4, p.999-1010, 2007b. [ Links ]

    SANTOS FILHO, S.B.; BARROS, M.E.B. A base poltico-metodolgica em que se assenta um novo dispositivo de anlise e interveno no trabalho em sade. In: ______. (Orgs.). Trabalhador da sade: muito prazer! Protagonismo dos trabalhadores na gesto do trabalho em sade. Iju: Ed. Uniju, 2007. p.123-42. [ Links ]

    SCHWARTZ, Y.; DURRIVE, L. (Orgs.) Trabalho e ergologia: conversas sobre a atividade humana. Niteri: EdUFF, 2007. [ Links ]

    _____. Travail et gestion: niveaux, critres, instances. Rev. Perform. Techn. (Paris) n. hors-srie, p.10-20, 2000. [ Links ]

    SILVA, C.O. Vida de hospital: a produo de uma metodologia para o desenvolvimento da sade do profissional de sade. 2002. Tese (Doutorado) Escola Nacional de Sade Pblica, Fundao Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro. 2002 [ Links ]

    ZARIFIAN, P. Objetivo competncia: por uma nova lgica. So Paulo: Atlas, 2001. [ Links ]