Philip Sidney Pacheco Badiz PHILIP SIDNEY PACHECO BADIZ

SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.4 edição especial índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

  • Não possue artigos citadosCitado por SciELO

Links relacionados

Compartilhar


Interface - Comunicação, Saúde, Educação

versão impressa ISSN 1414-3283

Resumo

SANTOS FILHO, Serafim Barbosa; BARROS, Maria Elizabeth Barros de  e  GOMES, Rafael da Silveira. A Política Nacional de Humanização como política que se faz no processo de trabalho em saúde.Traduzido porPhilip Sidney Pacheco Badiz. Interface (Botucatu) [online]. 2008, vol.4Selected edition, pp. 0-0. ISSN 1414-3283.

Este artigo tem como objetivo realizar um exercício analítico do modo de fazer da Política Nacional de Humanização (PNH) sobre a função apoio institucional, com base em diferentes dispositivos, diretrizes e princípios. O texto está dividido em três partes: na primeira, traz reflexões acerca da concepção de humano e humanismo que fundamenta as análises; a segunda busca ampliar o debate sobre a indissociabilidade entre atenção e gestão e o modo de fazer apoio institucional; a terceira aborda a indissociabilidade entre a produção de serviços e produção de sujeitos, e encaminha a discussão dessas três partes que se desdobram em outros planos de análise. Ressalta, em todo o texto, a aposta na inclusão dos diferentes sujeitos e na análise e gestão coletiva dos processos de trabalho como estratégia para criar desestabilizações produtivas e práticas de humanização dos serviços de Saúde.

Palavras-chave : Humanização da assistência; Apoio institucional; Cogestão; Análise coletiva dos processos de trabalho; Políticas públicas.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Inglês     · pdf em Inglês