Leticia Maria Costa da Nobrega Cesarino LETICIA MARIA COSTA DA NOBREGA CESARINO

SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.3 special edition author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Estudos Sociedade e Agricultura

Print version ISSN 1413-0580

Abstract

SABOURIN, Eric; OLIVEIRA, Marcelo Nascimento de  and  XAVIER, José Humberto Valadares. Lógica familiar e lógica coletiva nos assentamentos de reforma agrária: o caso do município de Unaí.Translated byLeticia Maria Costa da Nobrega Cesarino. Estud.soc.agric. [online]. 2007, vol.3Selected edition, pp. 0-0. ISSN 1413-0580.

A política pública de reforma agrária no Brasil continua dando prioridade a formas de organização coletiva do assentamento, dos serviços e até da produção agrícola. Essa lógica coletiva está promovida e institucionalizada tanto pelo Estado quanto pelos movimentos pró-reforma agrária. Paradoxalmente, o assentamento se traduz pela concessão de lotes individuais a um público composto em sua maioria de ex-assalariados, no marco de uma política de promoção de empreendimentos econômicos de natureza familiar. Este trabalho examina as raízes e conseqüências da interação entre essas lógicas a partir do exemplo de assentamentos do município de Unaí. Per-manece a tensão entre o interesse individual do "recém-proprietário", as lógicas famili-ares e as práticas coletivas dependentes das modalidades de política pública. A obriga-ção de solidariedade familiar ou comunitária é alimentada pela precariedade do pro-cesso de assentamento e pelo caráter unificador da ideologia ou dos valores humanos. Os resultados em Unaí mostram três ensinamentos: a) os pressupostos e instrumentos das políticas públicas de reforma agrária revelam-se pouco adaptados, quando não contraditórios e geradores de conflitos; b) apesar dessas condições negativas e de um ambiente institucional pouco favorável, métodos e instrumentos de construção social da parceria permitem uma complementaridade entre as lógicas individuais, familiares e coletivas; c) um esforço de educação in loco é indispensável para fortalecer e subsidiar a dignidade e a identidade dos assentados, mas revela-se eficiente a médio ou longo prazo.

Keywords : reforma agrária; assentamento; políticas públicas; lógica coletiva; agricultura familiar; Brasil.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English