SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.1 special edition author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Kriterion: Revista de Filosofia

Print version ISSN 0100-512X

Abstract

GARRETT, Don. The literary arts in Hume's science of the fancy. Kriterion [online]. 2006, vol.1Selected edition, pp. 0-0. ISSN 0100-512X.

Filósofos sempre divergiram sobre se a poesia, o teatro, e outras artes literárias são importantes para a filosofia; e, entre os que as consideram importantes, a explicação de seu valor sempre diferiu imensamente.  Este artigo procura explicar e ilustrar algumas das razões porque Hume considerava a literatura um tópico importante para a filosofia e para filósofos.  Segundo ele, a filosofia pode ajudar a explicar fenômenos literários gerais e específicos, a fundamentar a ciência da crítica (estética), e a sugerir e justificar os ";princípios da arte";.  Por sua vez, a literatura pode fornecer ";experimentos"; valiosos para a teorização filosófica e fornecer um modelo para a ciência da moral e (de certo modo) para a própria filosofia.  Além disso, na visão de Hume, as artes literárias não somente podem auxiliar na escrita de uma melhor filosofia, elas também podem podem ajudar a se escrever filosofia melhor.

Keywords : Hume; science of man; science of fancy.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English